goglobalwithtwitterbanner

Sobre etiquetas em contas de mídia governamental e afiliada ao Estado no Twitter

A China bloqueia o acesso ao Twitter a usuários comuns. Acreditamos que as pessoas se beneficiem com a melhor contextualização ao interagirem com contas do governo chinês e entidades afiliadas ao Estado.

As etiquetas nas contas de mídia afiliada ao Estado contextualizam melhor quais contas são controladas por determinados representantes oficiais de governos, entidades de mídia afiliada ao Estado e pessoas físicas estreitamente ligadas a tais entidades. 

A etiqueta é exibida na página do perfil da conta do Twitter em questão e nos Tweets enviados e compartilhados por essas contas. As etiquetas contêm informações sobre o país ao qual a conta está afiliada e se é utilizada por um representante do governo ou por uma entidade de mídia afiliada ao Estado. 

Além disso, essas etiquetas incluem o ícone de uma pequena bandeira, para sinalizar que se trata de uma conta governamental, e o ícone de um pódio, para sinalizar que se trata de mídia afiliada ao Estado. 

Conta do governo dos EUA
Mídia afiliada ao Estado dos EUA

Quais contas atualmente têm um rótulo?

No momento, as etiquetas aparecem nas contas do Twitter de cinco países que são membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU (China, França, Rússia, Reino Unido e Estados Unidos) que sejam:

  • Contas governamentais com alto envolvimento em geopolítica e diplomacia
  • Entidades de mídia controlada pelo Estado
  • Pessoas físicas, como editores ou jornalistas de destaque, associadas a entidades de mídia controlada pelo Estado 

Esta política será expandida e, no futuro, incluirá outros países. 

Essas etiquetas limitam a funcionalidade? 

No caso de entidades de mídia afiliada ao Estado, o Twitter não recomendará nem amplificará as contas nem os Tweets publicados que tiverem com essas etiquetas. 

 

Recursos

 

Marcar como favorito ou compartilhar este artigo

Este artigo foi útil?

Agradecemos por enviar sua opinião. Estamos felizes em poder ajudar!

Agradecemos por enviar sua opinião. Como podemos melhorar este artigo?

Agradecemos por enviar sua opinião. Seus comentários vão nos ajudar a melhorar nossos artigos no futuro.